Ir para o conteúdo

Um dos líderes de uma facção criminosa, apontado como mandante de homicídios ocorridos neste ano, em Cáceres, foi preso pela Polícia Civil, nesta terça-feira (08), em Cuiabá, após um amplo trabalho investigativo.

Entre os homicídios, consta o assassinato da adolescente N.T.M., de 14 anos, cujo corpo foi localizado em 23 março deste ano. Outro crime vitimou Paulo César Gonçalves Neto, de 44 anos, morto com golpes de faca e que teve a cabeça decapitada no último domingo (06).

Segundo as investigações da Divisão Especializada de Homicídios da Delegacia de Cáceres, o mandante, além de recrutar “soldados” da facção para a prática do crime, participava das sessões de tortura e homicídio por meio de videochamadas.

O criminoso teve o mandado de prisão decretado pela Justiça, após investigações da Polícia Civil de Cáceres identificarem seu envolvimento no desaparecimento e homicídio de N.T.M.. Conforme a apuração, a adolescente foi morta a mando da facção criminosa por ter presenciado outro homicídio ocorrido no município. O corpo da menor foi encontrado enterrado em uma cova rasa, no bairro Jardim Industrial.

Após os fatos, o criminoso fugiu para Cuiabá, porém continuava dando ordens para que as mortes fossem executadas em Cáceres. Durante as investigações, algumas pessoas identificadas como executoras dos crimes de tortura e homicídio foram presas, contudo a Polícia continuava à procura do líder da facção.

Após quase cinco meses de investigação, a Polícia Civil de Cáceres identificou o seu paradeiro e o prendeu na manhã desta terça-feira, no momento em que tentava fugir de sua residência, em Cuiabá. No momento da abordagem, ele estava com a namorada, que apresentou uma identidade falsa.

Em buscas na residência, os policiais apreenderam diversos documentos falsos, tanto em nome do investigado quanto da namorada, além de um caderno de anotações com atividades do tráfico de drogas.

O criminoso foi conduzido para a sede da GCCO em Cuiabá, onde será lavrado o flagrante.

“A identificação do líder da facção, apontado como mandante de diversos homicídios e a sua prisão nesta data, vira uma página da violência em Cáceres, trazendo, enfim, paz ao município”, disse o delegado-geral da Polícia Civil, Mário Dermeval.

Deixe seu Comentário

Você precisa logarlogin para publicar um comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.