Skip to content

MidiaNews

Um adolescente de 16 anos foi assassinado dentro de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Alto Paraguai (a 198 km de Cuiabá). Homens armados entraram no local e atiraram contra o jovem. Um dos suspeitos foi preso após relatos de testemunhas.

 

Segundo as informações, a vítima estava acompanhando a namorada, de 19 anos, em um atendimento médico. O casal estava aguardando na recepção quando, por volta das 22h15, três homens encapuzados entraram armados e dispararam.

 

O jovem conseguiu correr para as dependências internas da unidade, mas foi perseguido e executado em uma das salas de atendimento.

 

O crime teria sido encomendado pela facção criminosa Comando Vermelho.

 

As versões apresentadas pelas testemuhas e pela namorada se divergiram.

 

O segurança da UPA disse ter reconhecido um dos atiradores. Ele estava usando colete balístico e teria participação em outros homícidos na cidade.

 

Os policiais se deslocaram até a residência do suspeito e o encontraram junto com um revólver calibre 38 e 18 munições. Ele confessou o crime e disse que estava na companhia de outros três comparsas, todos integrantes do Comando Vermelho.

 

Na residência, uma grande quantidade de drogas foi encontrada enterrada no quintal. O celular do suspeito continha conversas comprometedoras com os outros comparsas, um deles menor de idade. O aparelho foi apreendido e será utilizado nas investigações.

 

O suspeito disse não saber o endereço dos demais comparsas e que se encontraram somente no momento da execução.

 

Ele foi levado para a delegacia da Polícia Civil, que investigará o caso.

Deixe seu Comentário

Você precisa logarlogin para publicar um comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.