Ir para o conteúdo

Durante a convenção do partido Movimento Democrático Brasileiro (MDB), nesta quinta-feira (4), o presidente da sigla em Cuiabá, Francisco Faiad afirmou que o partido privilegiará a eleição proporcional. O prazo para as convenções dos partidos será até esta sexta-feira (5).

“O MDB tem uma postura clara que é privilegiar a eleição proporcional. A nossa ideia é dar gás e força total para eleger o maior número possível de deputados estaduais e federais”, disse o presidente.

Faiad disse ainda que o apoio do partido para o Senado ficará com o deputado federal Neri Geller (PP), pré-candidato ao Senado. Em relação ao Governo, o apoio será a reeleição de Mauro Mendes (União Brasil), contudo, o presidente ainda afirmou que haverá membros que apoiará outros candidatos ao Governo.

“Senado a maioria do partido decidiu que vai caminhar com o Neri e o Governo a maioria decidiu que vai apoiar Mauro. Mas há membros do partido que vai tomar outras decisões, o que não será prejudicial”, garantiu.

Indagado sobre uma possível divisão do partido, Faiad se limitou em dizer que não haverá divisão. “O partido tem uma deliberação, eleger o maior número possível de proporcionais”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Você precisa logarlogin para publicar um comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.