Ir para o conteúdo

RAQUEL MARTINS RIBEIRO
DO METRÓPOLES

A cantora Pocah se emocionou, na noite desse sábado (29/5), ao falar sobre os ataques racistas sofridos pela filha Vitória, de apenas 5 anos, enquanto ela estava confinada no BBB21.

A funkeira participava do Altas Horas, quando foi questionada pelo apresentador Serginho Groisman sobre o caso.

“A Vitória tem cabelos lindos, acho minha filha perfeita e não é porque é minha filha, não. Linda e maravilhosa. Uma das piores coisas que encontrei aqui fora foi saber que a minha filha foi vítima de racismo”, disse a ex-BBB, aos prantos.

Pocah contou que está fazendo o máximo para que Toyah, como é chamada pela família, não fique sabendo dos ataques.

“Nenhuma mãe está pronta para ver um filho passar por isso. Ninguém está pronto para viver isso. Ninguém está pronto para ser machucado, para sofrer preconceito, racismo”, considerou.

A cantora afirmou, ainda, que está buscando forças para lutar contra o racismo. “É um crime e todas essas pessoas que fizeram isso com uma criança de 5 anos devem pagar por isso, pelo dano que estão causando na minha família”, acrescentou.

 

Deixe seu Comentário

Você precisa logarlogin para publicar um comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.