Skip to content

Juliana Monaco

O Grupo Emirates planeja cortar cerca de 30 mil empregos para reduzir os custos em meio à pandemia de covid-19, o que reduzirá o seu número de funcionários em 30%. A empresa também estuda acelerar o aterramento de sua frota A380, aeronaves que podem acomodar mais de 500 passageiros.

Uma porta-voz da companhia disse que ainda não foi feito nenhum anúncio público a respeito da demissão em massa, mas que a Emirates está revisando seu orçamento. “Como qualquer empresa responsável faria, nossa equipe executiva orientou todos os departamentos a realizar uma revisão completa dos custos e dos recursos disponíveis”, afirmou.

Deixe seu Comentário

Você precisa logarlogin para publicar um comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.